Nuno Cera

Portugal

Fotógrafo e videoartista. O seu trabalho aborda questões espaciais, arquitetura e situações urbanas, através de formas poéticas e documentais. Estudou na Maumaus – Escola de Artes Visuais, de 1995 a 1997. Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian (Bolsa João Hogan) para a residência artística na Künstlerhaus Bethanien, Berlim.
Em 2002 publicou com o arquitecto Diogo Seixas Lopes, o livro Cimêncio, um levantamento de paisagens suburbanas. Nomeado para o prémio BES Photo em 2004. Residência artística no ISCP – International Studios and Curatorial Program, Nova Iorque, USA, 2006. Entre 2007 e 2010 realizou o projeto Futureland, uma investigação artística sobre 9 metrópoles (com o apoio da DGARTES – Ministério da Cultura de Portugal).
Em 2012 foi seleccionado na XX edição da Bolsa Fundación Botin, Santander, com o projecto A Sinfonia do Desconhecido. Residência artística na International Artist Residency Récollets, Paris, 2013. Realizou as fotografias para os guias de arquitectura Álvaro Siza; Eduardo Souto de Moura; João Luís Carrilho da Graça e Aires Mateus (2017-2019). Artista convidado na representação oficial portuguesa na Bienal de Arquitetura de Veneza Public without rhetoric, em 2018. Participou em 2019 na XIII Bienal de Arte de Havana – El futuro ya ha comenzado.

Está representado em diversas coleções públicas e privadas.

Exposições Individuais recentes: Hora Certa; Galeria Miguel Nabinho, Lisboa, 2019; The Blur City; Fundação Oriente – Casa Garden, Macau, 2019; Estranha Leveza; CCB, Lisboa, 2019; Poesia Mineral; Galeria Millennium, Lisboa, 2018; Façades, Porta 14, Lisboa, 2017; A Pressão da Luz, Galeria Millennium, 2017, Lisboa; Vestiges du Réel, Instituto Camões, Luxemburgo, 2016; Tour d´Horizon | Amadeo de Souza-Cardoso, Grand Palais, Paris, 2016; Symphony of the Unknown, Kunstraum Botschaft, Berlim, 2016; L’Année Dernière, Galeria Miguel Nabinho, Lisboa, 2016

Presente na Sessão:

Obras deste artista no Fuso 2020:

HELLO TOMORROW