Paulo Bruscky

Brasil

Paulo Bruscky (1949) é artista multimedia e inicia sua trajetória na década de 1960 com desenho, mas suas pesquisas englobam fotografia, imagem em movimento, instalações, objetos, performances, poesia. No ínicio dos anos 1970 associa-se à poesia visual e ao movimento internacional de Arte Postal, sendo um dos pioneiros no Brasil e chega a ser um interlocutor com os grupos Fluxus e Gutai. Entre 1979 e 1982 realiza 30 filmes de artistas e videoarte. Como recipiente da Guggenheim Fellowship (1982) passa um ano entre Nova York e Europa. Participou de diversas mostras internacionais como as edições 16, 20, 26 e 29 da Bienal de São Paulo, teve sala especial na X Bienal de Havana e é um dos artistas principais da Bienal de Veneza de 2017. Vive e trabalha no Recife.

Obras deste artista no Fuso Insular 2020:

Poema
Xeroxfilme: LMNUWZ, fogo!
Xerofilme: aépta
Via Crúcis