We Are All On The Same Bus

Nuno Serrão

Estamos todos no mesmo autocarro. Se considerarmos o conceito espaço-tempo de Einstein, acabamos com um objeto onde tudo o que aconteceu e tudo o que irá acontecer, encontra-se compreendido no seu interior. Através dele, somos conduzidos por um veículo, vamos chamar de autocarro, completamente autónomo, que segue numa única direção, para a frente, e possui uma única janela, a traseira. A esse veículo, o astrónomo Arthur Eddington chamou A Seta do Tempo. Esta ideia, embora deprimentemente determinista, é difícil de ignorar perante a já comprovada plasticidade do tempo, mesmo quando consideramos o Princípio da incerteza de Heisenberg, onde o ato de observar algo, altera o seu resultado. Conceito que não invalida um Universo determinista, antes, permite a Interpretação de Muitos Mundos de Hugh Everett, também conhecida como Multiverso.

Créditos
Produção: urbanistas

Detalhes

Data exibição:30 Outubro
Autor:Nuno Serrão
Curador: Jean-François Chougnet
Ano:2019
Duração:1’59”

Obras na mesma Sessão: